ONG Banco de Alimentos ministra oficinas gastronômicas sustentáveis no Shopping Metrô Boulevard Tatuapé

Publicado em em Banco de Alimentos.

logo_oficinaOBACom custo de R$ 1, as palestras e cursos ministrados pela equipe da ONG Banco de Alimentos têm como base o aproveitamento integral dos alimentos como forma de conter o desperdício, fazer economia e incentivar a alimentação saudável. Na agenda de janeiro há, ainda, cursos associados à saúde preventiva.

São Paulo, 21 de janeiro de 2016 – A ONG Banco de Alimentos, em parceria com o Complexo Tatuapé, oferece uma ampla programação de palestras e oficinas gratuitas com o objetivo de disseminar a cultura da alimentação saudável e sustentável. Em tempos de crise econômica, a iniciativa capacita donas de casa e interessados nos temas a transformar o aproveitamento integral dos alimentos em instrumento de economia doméstica. Na programação de janeiro da Oficina Show há espaço, ainda, para falar sobre saúde: na pauta, alergias alimentares e insuficiência renal.

Realizadas no espaço Oficina de Ideias, no Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, as oficinas têm o custo simbólico de R$ 1; cada evento tem a duração de uma hora e capacidade máxima para 30 pessoas. Os interessados podem se inscrever no próprio local. As palestras são ministradas pela equipe de nutricionistas da ONG Banco de Alimentos.

AGENDA

21 de janeiro, às 15 horas: palestra “Alergias alimentares”

26 de janeiro, às 19 horas: palestra “A importância da hidratação”

28 de janeiro, às 15 horas: palestra “Insuficiência renal! Como cuidar?”

30 de janeiro, às 15 horas: palestra “Cinco dicas para você ter uma alimentação saudável!”

 

SERVIÇO

Oficinas e Palestras de Culinária
Complexo Tatuapé e ONG Banco de Alimentos
Custo: R$ 1,00
Local: Shopping Metrô Boulevard Tatuapé – 2º Piso
Endereço: Rua Gonçalves Crespo, esquina com Rua Tuiuti (integrado à Estação Tatuapé do metrô)

 

Sobre o Complexo Tatuapé

O Complexo Tatuapé foi criado a partir da unificação dos shoppings Metrô Tatuapé (1997) e Metrô Boulevard Tatuapé (2007). Os dois empreendimentos formam um dos maiores polos de compras, lazer e entretenimento de São Paulo e recebem cerca de 130 mil pessoas por dia. Interligado à Estação Tatuapé do metrô e da CPTM, assim como a um terminal de ônibus, o Complexo Tatuapé oferece a seus visitantes facilidades de acesso, duas praças de alimentação com capacidade para 2 mil pessoas, quase 3 mil vagas nos estacionamentos e cerca de 500 lojas. Administrado pela AD Shopping, também conta com serviços diversos, como posto da Polícia Federal, laboratório de análises clínicas e consultório odontológico.

Sobre a AD Shopping

A AD Shopping, maior administradora independente de shopping centers do País, está presente em todas as regiões brasileiras. Com 24 anos de experiência e foco em planejamento, comercialização e gestão de shopping centers, a AD administra um patrimônio de R$ 5,3 bilhões. São mais de 5 mil lojas, em 1,9 milhão de m² de área construída e 790 mil m² de área bruta locável. Visite: www.adshopping.com.br.

Sobre a ONG Banco de Alimentos

Fundado em 1998 a partir da iniciativa civil e pioneira da economista Luciana C. Quintão, o Banco de Alimentos é uma associação civil que atua com o objetivo de minimizar os efeitos da fome e combater o desperdício de alimentos, permitindo que um maior número de pessoas tenha acesso a alimentos básicos e de qualidade e em quantidade suficiente para uma alimentação saudável e equilibrada. Os alimentos distribuídos são excedentes de comercializações, perfeitos para o consumo. A distribuição possibilita a complementação alimentar a todas as pessoas assistidas pelas 43 instituições cadastradas no projeto, ou seja, mais de 22 mil pessoas.

De janeiro de 1999 até setembro de 2015, o Banco de Alimentos arrecadou 6.041.578,50 quilos de alimentos – que beneficiaram mais de 22 mil pessoas (entre crianças, jovens, adultos e idosos) por dia, evitando um grande desperdício. A ONG trabalha em três vertentes: a primeira é visando minimizar os efeitos da fome e combatendo o desperdício de alimentos por meio da colheita urbana; a segunda é pelas ações educacionais e profiláticas voltadas às comunidades atendidas, em convênio com faculdades de nutrição; e a terceira forma é levando ações e conhecimento para fora das áreas onde existe o problema concreto da fome, atingindo a sociedade como um todo, no sentido de promover uma mudança social, incentivando o fim da cultura do desperdício e promovendo a cidadania consciente.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

ONG BANCO DE ALIMENTOS
Camila Ramos camila.ramos@printeccomunicacao.com.br
Betânia Lins betania.lins@printeccomunicacao.com.br
Vanessa Giacometti de Godoy vanessa.godoy@printeccomunicacao.com.br
Printec Comunicação
Tel.: 11 5182 1806 / 9 9274-9651
www.printeccomunicacao.com.br